Coletivo Espaço Invisível

 

O Coletivo Espaço Invisível surge no final de 2018, enquanto estrutura organizada, sendo o resultado de uma série de colaborações entre diferentes artistas. O espaço está associado a todos os territórios de atuação. Uns mais delineados que outros. Uns geográficos, outros artísticos. O coletivo desenha os seus projetos e programas através da leitura dos territórios e de quem os habita.

 

Os projetos que realiza são irrepetíveis. O invisível define-se pelo que não se toca, pelo que não se vê. O invisível é definido também pelo conhecimento adquirido pelos artistas envolvidos (amadores e profissionais) em cada momento de partilha e encontro e que resulta de diálogos e leituras profundas dos contextos em que os projetos ou programas acontecem.